Publicado por: Helder Rodrigues | 20/Maio/2012

Ao Ritmo da música que me Alegra o CORAÇÃO

Publicado por: Helder Rodrigues | 6/Outubro/2011

A Vida de Steve Jobs contada em 15 minutos…

Publicado por: Helder Rodrigues | 6/Outubro/2011

A Sabedoria de um dos Maiores Oradores sobre Empreendorismo…

Quando tu eras bem pequeno…

…eles gastavam horas a ensinar-te a usar os talheres nas refeições…

… ensinaram-te a vestir, a amarrar os cordões dos sapatos, a abotoar a camisa..

limparam-te quando sujavas as fraldas, ensinaram-te a lavar o rosto e a tomar banho, a pentear os teus cabelos…

…ensinaram-te valores humanos…

Por isso…

…quando eles ficarem velhos um dia…

…quando eles começarem a ficar mais esquecidos e demorarem a responder…

…não te chateies com eles…

…quando eles começarem a esquecer-se de fechar os botões da camisa, de amarrar os cordões dos sapatos…

…quando eles começarem a sujar-se nas refeições…

…quando as mãos deles começarem a tremer enquanto penteiam cabelo…

…por favor, não os apresses… Porque tu estás a crescer aos poucos, e eles estão a envelhecer…
 …basta a tua presença… a tua paciência… a tua generosidade… a tua retribuição…
…para que os corações deles fiquem aquecidos…

…se um dia eles não conseguirem equilibrar-se ou caminhar direito…

…segura firmemente as mãos deles e acompanha-os bem devagar respeitando o ritmo deles durante a caminhada… da mesma forma que eles respeitaram o teu ritmo quando te ensinaram a andar…

Fica perto deles… Assim como…

…eles sempre estiveram presentes na tua vida, sofrendo por ti… Torcendo por ti…

e vivendo “POR TI”

“Não eduques o teu filho para ser rico, educa-o para ser feliz”.

“Assim ele saberá o VALOR das coisas e não o seu PREÇO”

(Max Gehringer)

Publicado por: Helder Rodrigues | 13/Setembro/2011

O Som do Silêncio do 11 de Setembro

Há música que devemos ouvir com o CORAÇÃO… Ouvir é desfrutar com o CORAÇÃO e AMAR com MENTE para que todo o ÍNTIMO do SER HUMANO rejubile de ALEGRIA. 😀

Publicado por: Helder Rodrigues | 26/Março/2011

Sonho meu…

Publicado por: Helder Rodrigues | 13/Fevereiro/2011

Portugal, Energias para o Mundo

Há PEQUENOS grandes GESTOS que nos ENCHEM de ORGULHO e eu ao visualizar o VIDEO que se segue senti-me pequenino neste GRANDE pedaço de terra que se chama PORTUGAL.

Publicado por: Helder Rodrigues | 4/Fevereiro/2011

A música de Intervenção

O PODER das palavras por vezes SURPREENDE, quer seja para o BEM ou para o MAL, depende sempre da INTERPRETAÇÃO e JUÍZOS de VALOR que façamos das mesmas. No últimos dias tem surgido uma música que retrata na PERFEIÇÃO o estado de VIDA da Grande maioria dos jovens licenciados e outros com formação superior que é a música “Parva que Sou” dos Deolinda.

Embora nem sempre a realidade seja a mais PERFEITA, por vezes há quem a consiga transpor em forma de melodia e que é “aplaudida de pé” por quem assistiu à apresentação em primeira mão, como foi o caso dos últimos concertos em Lisboa e no Porto.

Publicado por: Helder Rodrigues | 22/Janeiro/2011

O meu FADO…

Como a maioria dos portugueses está-me no sangue o FADO… Embora gosta da maioria de qualquer tipo de música (sou bom de ouvido), pois a música embala-me o CORAÇÃO e permite-me transbordar de EMOÇÃO.

Deixo aqui o singelo testemunho de dois dos muitos fados que me ENCANTAM a ALMA, e que achem de ALEGRIA e da mais profunda PUREZA de um SER LIVRE que pode SONHAR sem pagar “IMPOSTO”. Primeiro um Fado interpretado pela Senhora Dona Amália Rodrigues (Namorico da Rita) e o segundo interpretado por Zé Perdigão – “Povo que lavas no Rio”

Mas como não só de FADO “vivo” deixo por fim um dueto entre o “famoso” artista José Cid e Zé Perdigão, que só por acaso este último e muito bem faz parte da equipa que acompanha normalmente o primeiro nos seus concertos ao VIVO. Que eu tive a oportunidade de assistir de ver em Nisa.

Publicado por: Helder Rodrigues | 20/Janeiro/2011

Aniversários e afins…

A ESTRANHEZA de fazer ANOS… Faz-me uma ligeira confusão fazer anos e receber cumprimentos por fazer anos, pois acho de todo estranho a pessoas cumprimentam-me e felicitam-me, mas quem VERDADEIRAMENTE deveriam FELICITAR deveriam ser os meus PAIS, pois eles sim foram os principais obreiros da minha HUMILDE PESSOA. Foram eles que me CONCEBERAM, me DERAM CARINHO, me ALIMENTARAM, me deram EDUCAÇÃO, me ACONSELHARAM (e ainda me aconselham) e MUITO mais fizeram por MIM. Nunca conseguirei EXPRIMIR em palavras tudo o que significam para mim, pois há coisas que não se EXPLICAM, simplesmente SENTEM-SE… O simples momento de SENTIR é um VERDADEIRO SENTIMENTO no auge do seu estado mais PURO.

Porque não quero perder o meu ESPÍRITO de CRIANÇA, eu uma música dos tempos de CRIANÇA para alegrar as hostes.

Ao longo da nossa VIDA e qual medimos pelos anos que vivemos, nem sempre conseguimos analisar devidamente tudo quantos nos RODEIA, pois a VIDA é como um VERDADEIRO mistério que cada um de nós deve analisar e tentar desvendar a cada dia que VIVE. A VIDA é feito de NOBRES e SINGELOS SINAIS que nos são revelados pelas PESSOAS, ANIMAIS e por vezes pequenas ACTOS que nos são demonstrados por todos quantos nos RODEIAM.

Há que ENFRENTAR a VIDA mesmo que não GOSTEMOS de algo que nos RODEIA.

 

 

Bem-Haja a todos os meus AMIGOS e MENOS AMIGOS que no dia dos meus anos se LEMBRARAM dessa DATA.

 

Publicado por: Helder Rodrigues | 6/Janeiro/2011

Uma História de (relativo) Sucesso…

A Vida está constantemente a SURPREENDER-NOS pelas MARAVILHOSAS histórias de sucesso humano. Hoje nas minhas estranhas e perturbantes formas de ler e ver a noticias do MUNDO, encontrei uma história de sucesso humano e cujo o titulo era “Sem-abrigo com ‘voz de ouro de rádio’ ganha emprego e casa“. SENTI-ME PROFUNDAMENTE AGRADECIDO por ter a CAPACIDADE de poder ter uma VIDA minimamente NORMAL, pelo menos para MIM e poder AGRADECER todos os dias às pessoas que por ZELAM (Deus, familiares, amigos, inimigos e outros que tais), pois só o simples gesto de me telefonarem, falarem, enviarem emails ou pensarem em mim, SIGNIFICA que EXISTO enquanto pessoa desta sociedade em que me encontro inserido, e para a qual pretendo CONTRIBUIR com o MELHOR e MAIS PROFUNDO do meu SER.

Ser sem-abrigo não se o é porque se quer, mas mas sim por circunstâncias que a VIDA nos impõe.  Seja por drogas, álcool, deixar de acreditar em nós próprios enquanto pessoas, ou qualquer outra razão. O espaço que vai entre o ser uma pessoa dita NORMAL e um SEM-ABRIGO é muito pequena. Para oscilar entre uma ou outra situação, basta estarmos ou não devidamente rodeados de pessoas que ZELAM pela nossa SEGURANÇA.

Visualize os seguintes vídeos em que se pode ver no seu ambiente de Sem-Abrigo e em que é (re)descoberto para uma NOVA VIDA SOCIAL e num ambiente em que posteriormente devidamente enquadrado na SOCIEDADE já se encontra a trabalhar e com a VIDA minimamente organizada fornece uma entrevista a uma cadeia de televisão.

Cada SER HUMANO esconde no mais PROFUNDO do seu SER, MARAVILHAS que por vezes ele próprio desconhece.

Sem-Abrigo com voz de “ouro”

 

Entrevista a uma cadeia de televisão americana:

Cada SER HUMANO esconde no mais PROFUNDO do seu SER, MARAVILHAS que por vezes ele próprio desconhece.

Com é FANTÁSTICO poder OUVIR uma voz IMACULADA como esta que SOA a uma canção que faz ECO no mais PROFUNDO de cada SER. Como verdadeiro AMANTE da Rádio que sou, pois passo por vezes serões a ouvir na rádio a melhor música que se faz no MUNDO, com especial relevo para a música PORTUGUESA.

 

Older Posts »

Categorias